Arquivos Diários: julho 12, 2012

Diário de Viagem: Foz do Iguaçu – 3º Dia

Terceiro dia foi dia de partir para a Argentina. Para quem não sabe: a Argentina (a cidade Puerto Iguazu) fica há 5 minutos de Foz do Iguaçu, ou 10 minutos, dependendo de onde você sai. Eu já tinha ido para a Argentina uma vez e gostei do que eu vi, então fiquei bastante animada para voltar (e carimbar meu passaporte, ja que na época eu não tinha um kk). Os motivos principais para a nossa ida a Argentina foram: as cataratas e a dutty free e o cassino (ooh).

Passar pela a Argentina é bem facíl, não tem nenhum problema, só mostrar passaporte e essas coisas aí. A unica coisa que você tem que se certificar se você estiver com um carro alugado é pegar a autorização para entrar no país, caso contrário, você entra, mas seu carro não.

Passando pela ponte tancredo neves (que você pode dar um pit stop para tirar aquela foto), segui direto para as cataratas e no caminho minha mãe resolveu dar carona para um argentino aí ~coragem~.
Chegando no parque de lá você encontra tudo vazio, pelo menos no dia que eu fui tava vazioooo demais, principalmente comparando com o parque do Brasil. Diferente do parque do Brasil, que é um ônibus, na Argentina é um trem que te leva para as paradas. Pegamos esse trem e fomos para a primeira parada, que era a das trilhas para ver as cataratas. Lá tem dois passeios: o passeio inferior (que você vê as cataratas lá de baixo e se molha todo) e o passeio superior (que você vê lá de cima e se molha bem pouquim).
Digamos que eu não gostei muito da estrutura do parque. É bem pobrezinha, suja  e enferrujada. A do Brasil é bem bonitinha. Tem muito mais quatis do que no Brasil, pouca sinalização… Algumas vistas para as cataratas não são tão boas por causa das árvores… Poréééém, as vistas que você consegue ter são lindas, de tirar o fôlego, incríveis. Fiquei de boca aberta em algumas hahaha.

Depois de almoçar em uma das milhares lanchonetes do parque (o restaurante lá é 60 reais por pessoa, com pouca variedade de comida. muito ruim. já no Brasil, se eu não me engano, era 45 reais por pessoa, muuuita variedade de  comida, com direito a repetir, sobremesa e ainda vista para o rio das cataratas se você ficar do lado de fora do restaurante. muito bom), fomos para a proxima parada: garganta do diabo, onde você fica lá no topo das cataratas, podendo ver as quedas e se molhar todo. Essa é a melhor vista de todas! Ah, e uma coisa que eu percebi, é que na Argentina não se faz arco-írs, obviamente é algo relacionado ao sol que provavelmente não se apoia tanto ao lado Argentino como se apoia ao Brasil. Freud explica.

Sem mais o que fazer no parque, fomos para o proximo destino: dutty free babe.

Não sei se é a maior do mundo, mas é a maior que eu já fui na vida, com certeza. Talvéz não a melhor, não sei. Mas é a maior. Lá você não pode ficar segurando de boa a tua bolsa no ombro, você tem que guardá-la numa bolsa da dutty free que vem com um cadeado, que na hora de pagar as coisas, eles abrem. Achei paia, porque a camera também tinha que ir pra dentro dela, então não tem fotos de dentro de lá. Mas é linda demais! Todo setor recebe um tema diferente na entrada. Na do perfume, é Par, por exemisplo. No setor de eltronicos é Tóquio e por ai vai. Muito lindo. Mas eu não fiquei tããão interessada pelas coisas de lá. Eu não gosto de comprar roupa em dutty free porque é muito  pouco a variedade. Dai eu compro perfume, maquiagem e eletrônicos, chocolate e acessórios. Perfume eu não comprei porque no meu aniversário de 15 anos eu ganhei um monte, não preciso demais haha. Maquiagem tinha coisas legais, mas eu não fiquei querendo comprar tudo kkk, gosto muido da MAC, mas lá não tinha, então eu brochei kkk. A unica coisa que eu queria de eletrônico era ou um ipod touch, ipod nano, algo para escutar musica ou um nintendo wii. Porém, eu não tô desesperada para ter um ipod, dai eu fiquei querendo o nintendo, mas acabei não comprando lá. Chocolate, comprei toblerone, é claro. “leve 3 pague 2”. De acessório comprei umas pulseiras muito lindinhas.

Depois do dutty free, voltei pro Brasil feliz e depois passei na pizza hut de Foz para jantar. Dai, voltei pro hotel. E fim do terceiro dia.

Gabi