Diário De Viagem: Foz do Iguaçu – 1º Dia

Hola chicos! Estou em Foz do Iguaçu (Paraná) com minha mãe e meu irmão. Cheguei ontem (6) de noite aqui e hoje (7) começo meu diário aqui no blog. :)) Diário, para quem não sabe, é onde você fala sobre seu dia e etc. Um diário de viagem é onde você fala sobre seu dia enquanto viaja, e é claro focando mais no que você faz em tal cidade e etc. Eu acho uma ideia muito bacana e é por isso que eu trouxe-a para o blog.

Ontem não teve nada demais, só a chegada aqui, a locação do carro e o check-in no hotel.
Hoje meu dia começou às 9 horas quando desci para tomar o café da manhã e depois subi para me arrumar e aproveitar o dia. Primeira parada foi no templo budista.

ImagemImagem

ImagemImagem

Imagem

Local muito bonitinho, mas não dá pra não notar que o local precisa de uns ajustes e também plaquinhas explicando as coisas do local, tipo as estátuas que tem por lá, placas com a história do budismo. É sério. Lá não tinha nada disso e é porque é um local lindo. Deviam explorar mais essa área, porque a religião em si é muito interessante, mas eu só sei o mínimo, imaginem se tivesse falando sobre tudo? Ia ser bem mais agradável sair de lá com novos horizontes, digamos assim hahaha.
Aproveitando para falar do look do dia… Fiz uma combinação inspirada naquela música black and yellow haha. A blusa de seda amarela é da ILORI (tem aqui na barra lateral o endereço bonitinho), o shorts preto é da Renner, a meia calça é da Lupo, a jaqueta de couro é da Opposite, o lenço nãoseirs e o oxford é da Diva.

De lá, fui amoçar no Cataratas JL Shopping. Não achei muita coisa legal por lá não, sai de mãos atadas.

Do shopping, segui para a usina Itaipu Binacional. Lá é cheio de passeios turísticos para fazer dentro da usina. No meu caso, eu fiz o ‘circuito especial’. Você entra em um ônibus com o grupo e um(a) guia e ele(a) vai explicando tudo durante o caminho com paradas para tirar fotos de pertinho da barragem. Muito legal. E o melhor do circuito especial é que você pode entrar dentro da barragem com o guia que vai explicar como funciona o processo. Dura cerca de duas horas e trinta minutos. E realmente vale a pena conhecer mais sobre uma das sete maravilhas do mundo moderno da engenharia. Caso você não tenha interesse de fazer o circuito interno, tem a ‘visita panorâmica’ que faz tudo que eu falei sendo que ele não entra dentro das barragens, ou seja, é só externo.

ImagemImagemeu de bob, o construtor. uhul.Imagemao lado direito da faixa: Paraguai e ao lado esquerdo: Brasil. E o relógio é para representar o fuso horário de uma hora. Ou seja, você pode voltar no tempo. le-gal.Imagem
Para mais informações: http://www.itaipu.gov.br

Sem sair da usina, fui jantar no restaurante do local mesmo e depois segui para o próximo passeio: iluminação da barragem.

Imagem

Cai entre nós, jurava, jurava meeesmo, que seria uma coisa linda, maravilhosa, com shows de luzes e um fundo musical só o filé. Isso era a expectativa. Realidade: de noite, muuuito frio, mas frio ainda por causa do ônibus que era aberto na parte de cima (e eu tive que ficar lá, foto), cheguei no local e pensei “ótimo, finalmente vou ser feliz”. Que nada, você só assiste um vídeo que você já pode ter visto no circuito especial e aí começa o “show” que eu não duvido nada que não passa de cinco minutos. É muito bobinho. Eles simplesmente fazem um drama na hora de ligar as luzes e depois ligam a iluminação inteira e o fundo musical é uma orquestra (que é até legal). Mas é só isso mesmo. E as luzes são brancas. Eu jurava que ia ficar tudo colorido, fazendo um muitão de efeito, mas nada. Só isso ai. Boladona ó. Fora isso, você tira foto, volta pro ônibus e depois passa do lado da barragem iluminada. Fim. Ah, e as coisas que a guia fala são mínimas e você escuta isso nos outros passeios.
O que eu quero dizer é que eu não recomendo, tem gente que gosta de coisa bobinha assim (minha mãe), mas eu não vi nada de fantástico. Faço isso no meu quarto até hahaha. Dizem que na lua cheia fica mais bonito, mas não sei, eu não fui de lua cheia, então, não posso dizer nada.

Depois de passear, voltei pro hotel e fim do primeiro dia.

Espero que vocês tenham gostado! Vou tentar postar durante os dias. Beijos,

Gabi

Uma resposta para “Diário De Viagem: Foz do Iguaçu – 1º Dia

  1. Luciana Nobre julho 7, 2012 às 11:57 pm

    tava com saudades do blog :)) arrasou gabi!!! kisssss

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: